A visualizar apenas posts colocados no ano de 2010

Tem mais impacto a história de um cliente insatisfeito do que a de um cliente satisfeito. Faz parte da natureza humana ser negativo, e num país latino como Portugal falar mal é quase um desporto nacional, já faz parte da cultura.

Ora, hoje partilho aqui as minhas experiências positivas no suporte pós-venda.

Pessoas às compras

Para mim uma boa empresa/marca destaca-se no seu suporte pós-venda. Vender todos vendem bem, onde se destacam os bons e os maus exemplos é quando algo corre mal e precisamos de suporte.

Existem os que fogem às suas responsabilidades e colocam o problema como sendo culpa do cliente (embora por vezes tenham razão) e outros que resolvem as situações de forma exemplar.

Unilever / Lipton
Recentemente abri uma garrafa de Lipton Ice Tea com um sabor estranho e parecia que tinha gás. Após entrar em contacto foi combinado enviar um estafeta que levou a garrafa e me deixou outra nova. Posteriormente enviaram uma carta a explicar o que tinha adulterado o produto e ainda enviaram alguns brindes.

HP
Tinha uma máquina digital da HP (quando apareceram as máquinas fotográficas digitais) que após uns anos de uso deixou de ligar. Entrei em contacto com o suporte da HP que me enviou uma nova máquina e pediu para verificar se estava em condições e para os contactar no prazo de 15 dias para recolherem a avariada. Assim o fiz, o estafeta recolheu a máquina avariada e a nova ainda hoje funciona.

LG
Sempre tive monitores da LG, e dos 4 que tive, 3 ainda estão em uso. Um dos monitores que comprei (um 1720B) tinha 2 pixeis mortos quando o liguei. Na altura a política de troca obrigava a pelo menos 5 pixeis mortos para troca, mas após explicar a situação com algumas fotos a comprovar entraram em contacto comigo para agendar a troca do monitor. Veio um estafeta com um novo e levou o que tinha os pixeis mortos.

Canon
Tive uma Canon S1 IS que após terminar a garantia ficou com o CMOS avariado. Após consultar o site da Canon verifiquei que era um problema comum nestas máquinas e entreguei-a para reparação. Após alguns dias entraram em contacto comigo para levantar a máquina e qual não foi a minha surpresa quando, em vez de ter a máquina arranjada fora do período de garantia, me deram uma S5 IS nova.

Estas marcas / empresas têm o meu voto de confiança e sempre que vou adquirir um novo produto tenho-os em boa conta. O ideal é não ter problemas, mas se os tiver já sei com o que contar pela boa experiência que tive.

Acabou de sair para o Android o Angry Birds Seasons, um jogo separado mas totalmente gratuíto do Angry Birds para a quadra natalícia.

O jogo tem 25 níveis, sendo revelados ao ritmo de 1 por dia.

Peluches do Angry Birds

Season’s Greedings é o nome deste episódio que tem uma prenda muito especial caso consigam 3 estrelas em todos os níveis. Também incluído neste pack vem o Angry Birds na versão Halloween.

E se estão sem ideias para prendas de Natal a Rovio lançou uma loja online com peluches do Angry Birds.

Saiu um novo Hot Pursuit (2010) para juntar aos vários títulos do Need for Speed. A verdade é que desde o Most Wanted que não acertam uma e esta nova versão apesar de melhor, tem falhas bastante graves num jogo de automóveis como a falta da caixa manual.

GranTurismo no Need for Speed

Sempre fui fã dos Need for Speed, ainda tenho comigo o primeiro Need for Speed para a Sega Saturn e tive o meu computador com dual-boot entre o Windows 98 e o 2000 para poder jogar Porsche Unleashed. Fartei-me de jogar online com o Hot Pursuit 2 e passei dias a jogar o Underground e Underground 2. O Most Wanted era fantástico, voltava a ter carros exóticos e a jogabilidade era muito interessante.

Depois vieram títulos como o Carbon e o ProStreet. A seguir sai o Undercover que ainda consegui jogar durante uma hora até me fartar e o Shift era incontrolável sem um volante.

Agora com o Hot Pursuit (2010) as coisas até estavam a correr bem. Acabou-se o xunning mas continua o nitro que não faz sentido num jogo de carros exóticos. E a falta de uma caixa manual é gritante!

Verdade seja dita o jogo pede para fazermos tanta coisa que usar uma caixa manual é impensável, aliás perco mais tendo a andar em sentido contrário com atenção ao tráfego do que a tentar fazer bons tempos porque sem nitro não se ganham corridas.

Mas o jogo não se devia chamar Hot Pursuit, Exotic Drift seria um nome mais apropriado porque fazer uma curva a direito é uma missão impossível.

É uma pena, parece mais uma espécie de Carmageddon onde andamos a usar EMP’s e tretas do género para parar a polícia em vez de fugirmos como no primeiro Need for Speed ou no Most Wanted. Estava mesmo à espera que fosse uma espécie de Test Drive Unlimited mas com uma jogabilidade de jeito e bons gráficos, afinal parece que vou ter mesmo que esperar pelo TDU2.

Se fazem 10 cêntimos por dia ou se consultam o AdSense de semana a semana então vão adorar a nova interface que está disponível agora a nível global.

Google

Hoje ao consultar os meus resultados do AdSense no final da tarde fui surpreendido por algo totalmente diferente e que não funciona num browser móvel. Desisti e chegando a casa, com um computador, efectuei o acesso e verifiquei que as coisas mudaram para pior.

É verdade que o design está muito melhor, nem se compara, mas quando consulto o AdSense quero ver números e não cantos redondos, sombras e gradients. Não me interessa minimamente saber na página inicial quanto é que recebi no último mês ou quanto dinheiro é que fiz e que irei receber eventualmente. São relatórios que têm interesse 2 ou 3 vezes por mês!

Depois de que me serve ver quanto dinheiro fiz nos últimos 7 dias? Eu quero saber quanto dinheiro estou a fazer hoje e quanto fiz ontem, tenho metas diárias a atingir e os meus valores são bastante estáveis diariamente. Quero ainda saber que canais contribuíram para o meu total diário.

Se mudasse a vista da página inicial para o dia actual e esta se mantivesse entre sessões, como acontece com a antiga interface, eu até que fazia vista grossa ao ruído que paira à volta destes dados, mas isto não acontece.

Se pudesse definir este tipo de relatórios na página inicial e escolher o que quero que apareça lá estava agora a dizer maravilhas da nova interface do AdSense. Infelizmente parece-me que efectuaram estas alterações a pensar naqueles que fazem pouco dinheiro ou visitam o AdSense uma vez por semana e não várias vezes ao dia. Estas alterações fazem-me lembrar a interface do AdMob que é miserável na apresentação de resultados.

É a história do AdWords de novo, mas desta vez com o AdSense. Espero que mantenham o layout antigo disponível, é que nem funciona no browser do Android, um produto do Google!

O Opera Mobile para Android já tem data marcada. A partir do dia 9 de Novembro já podemos navegar com o browser mais rápido do mundo.

Opera Mobile para Android a 9 de Novembro

Conforme tinha sido indicado anteriormente pela empresa norueguesa, o Opera Mobile junta-se assim ao Opera Mini, garantindo uma experiência superior nos browsers móveis para o Android e vai trazer algumas funcionalidades que não se encontravam presentes no Opera Mini como o pinch-to-zoom e a geolocalização.

Enquanto esperam podem ver alguns wallpapers bem engraçados no blog do Choose Opera.

Actualização a 09/11/2010:
Lá instalei o Opera Mobile no Nexus One e… que desilusão! Estava habituado ao Opera Mobile no Windows Mobile 6 que era fantástico, no Android parece um produto por acabar. O texto não é legível em alguns níveis de zoom, o scroll por vezes arrasta-se em páginas grandes e não tem suporte a Flash!

Não lhe deviam chamar beta mas alpha, é que o Opera Mini corre muito melhor e até no Windows Mobile o Opera Mobile leva vantagem.

Sou um grande fã do Opera, mas não aconselho a utilização do Opera Mobile. Aliás durante o dia continuei a usar o Safari/Chrome e o Opera Mini como de costume.

A aplicação Mais Gasolina Mobile já se encontra disponível no Android Market, substituindo assim o acesso que era efectuado pela Web App em m.maisgasolina.com.

Posto de abastecimento da Repsol

Após muito ponderar decidi chegar a um compromisso e criar uma aplicação híbrida. Assim em vez de perder bastante tempo a desenvolver em Java decidi criar uma Web App especifica para o Android, utilizando várias funcionalidades nativas do sistema operativo para tentar garantir a melhor experiência possível neste tipo de aplicações.

Ainda se encontra na primeira versão, existem algumas arestas a serem limadas e certamente devem existir alguns bugs. Com o tempo todas estas situações serão corrigidas e novas funcionalidades serão adicionadas.

O Mais Gasolina passa assim a estar disponível de forma móvel em aparelhos GPS TomTom e NDrive, telemóveis Android através da aplicação Mais Gasolina Mobile e Layar e telemóveis de outras plataformas (Opera Mini aconselhado).

Saiu hoje, finalmente, a versão final do Angry Birds para Android. A Rovio decidiu colocar o jogo completo totalmente grátis online, e em poucos minutos foram efectuados mais de 95.000 downloads do jogo!

Angry Birds para Android

Muitos esperavam pelo jogo mas não sabiam que este iria ser disponibilizado sem custos. O tráfego foi tanto que até o jogo aparecer no Market o site GetJar (onde foi publicado inicialmente) ficou indisponível, assim como o site da empresa.

Esta versão gratuita tem anúncios para suportar os custos de desenvolvimento e os problemas com grande parte dos terminais foram corrigidos. Irá sair posteriormente a versão paga do Angry Birds que irá remover a publicidade do jogo.

 
Copyright © 1985 - 2017 Eduardo Maio. Alguns direitos reservados.
eduardomaio.net - Às vezes mais valia ser Agricultor do que Programador
Ao navegar no blog eduardomaio.net está a concordar com os termos legais e de privacidade.