Celebridade vende. Mas na OLX, vende muito mais!

A OLX está com umas campanhas na TV muito engraçadas no Brasil com comerciais com celebridades como o Fabio Porchat, Sabrina Sato e Preta Gil.

Celebridades vendem, mas o OLX vende mais

A OLX é, segundo a empresa, o maior site de classificados gratuitos do mundo. Está disponível em mais de 96 países e é o preferido para anunciar no Brasil. São boas noticias para compradores e vendedores, afinal se temos muitos utilizadores aumenta a nossa hipótese de vender e cria confiança com os compradores, bem melhor que contratar uma celebridade.

Eu próprio tenho procurado anúncios directamente na OLX e tenho encontrado negócios interessantes directamente de particulares a preços bem atractivos, especialmente carros e peças para carros. O facto de poder pesquisar por região e categoria (imóveis, veículos, etc) ajuda bastante a encontrar apenas os anúncios que interessam.

Aparecem até alguns negócios que não se encontram noutros sites. Existe muita publicidade na TV da OLX e fica na cabeça que o primeiro sitio a ir para comprar ou vender é este site.

Tenho inclusive algum material informático que pretendo vender e vou optar por publicitar um anúncio na OLX em vez dos fóruns de especialidade para aumentar as minhas possibilidades de venda e fazer um bom negócio. Ainda para mais sendo gratuito é de aproveitar.

Falando um pouco nos comerciais de TV que a OLX está a correr no Brasil, a ideia está engraçada. Afinal é mais fácil vender na OLX em vez de contratar uma celebridade, e sai mais barato porque o anúncio é grátis.

Gostei muito do que tem o Fabio Porchat. Até pensei, o Cesar Millan (Encantador de Cães) podia anunciar na OLX os seus serviços, podia ser que este cachorro ficasse mais calmo e assertivo em vez de pegar na perna do Fabio feito maluco :lol:

 
Copyright © 1985 - 2017 Eduardo Maio. Alguns direitos reservados.
eduardomaio.net - Às vezes mais valia ser Agricultor do que Programador
Ao navegar no blog eduardomaio.net está a concordar com os termos legais e de privacidade.