IP’s fixos nas empresas sem necessidade para tal

Tenho andado a fazer suporte a várias empresas com problemas relacionados com autenticações SMTP e IP’s bloqueados e verifiquei que algumas destas empresas possuem IP’s fixos. Empresas cuja actividade na internet se resume à utilização exporadica do email e acesso web pelos empregados para assuntos que não estão relacionados com a empresa.

IP Fixo

Quando questionados com aquela escolha recebi várias respostas, entre a secretária que não percebe nada de informática mas achou bem pedir um IP fixo, outros em que o “rapaz da informática” disse que ficavam com a net mais rápida até ao cúmulo, mas com alguma razão de ser, que os IP’s estavam a acabar e as empresas sem IP fixo iam ficar sem acesso à net.

Apenas faz sentido possuir um IP fixo numa empresa se esta tiver um servidor interno que seja acessível do exterior ou numa empresa de desenvolvimento ou que trabalhe com dados criticos e que precise de limitar o acesso a determinada máquina ou serviço a alguns IP’s.

Um IP fixo pode até ser perigoso com ataques direcionados especificamente a esse IP, caso que pude comprovar numa das empresas onde dei assistencia em que o IP deles estava a ser usado como proxy e já estava divulgado em vários sites como um proxy aberto. É certo que uma falha destas também pode ocorrer com um IP dinamico, e com um bom administrador de sistemas conseguem-se minimizar estas situações, mas se não existe necessidade de um IP fixo mais vale não o ter, poupam dinheiro, recursos e aumentam a segurança da sua rede.

 
Copyright © 1985 - 2017 Eduardo Maio. Alguns direitos reservados.
eduardomaio.net - Às vezes mais valia ser Agricultor do que Programador
Ao navegar no blog eduardomaio.net está a concordar com os termos legais e de privacidade.