A visualizar apenas posts com a tag internet explorer

O Internet Explorer 6 (IE6) é o novo Netscape 4. É um browser com 8 anos, foi lançado em 2001 e substituído em 2006 pelo IE7. Infelizmente, de acordo com as estatísticas do primeiro semestre deste ano 16% dos utilizadores nacionais teimam em utilizar o browser que mais tem contribuído para atrasar a web e colocar em risco todos os computadores que o usam com as suas falhas de segurança já bem conhecidas.

Está na altura do IE6 sair de cena para a web evoluir.

Internet Explorer 6

Eu já parei de suportar o IE6 no Mais Gasolina, um bom exemplo é o comparador dos preços dos combustíveis que desenvolvi no inicio do ano e que não funciona em IE6. Iria perder imenso tempo e cortar algumas funcionalidades para que este browser antigo pudesse funcionar. Aproveitei também para colocar um aviso a quem usa o IE6 para deixar de viver no passado e actualizar o seu browser.

Já existem vários sites que avisam os utilizadores do IE6 para se actualizarem, e é um favor que fazem aos vários developers que continuam a levar com a lenga-lenga de gestores de projectos que querem suportar o IE6 e perdem várias horas para que aquele projecto cheio de efeitos tipicos da web 2.0 suporte um browser ultrapassado. Até o Youtube já cortou o suporte ao IE6, e eu estou a pensar em fazer o mesmo aqui e no resto dos meus sites.

Portanto se ainda usam o Internet Explorer 6 façam um favor a vocês próprios e ao resto da Internet, optem por um browser a sério como o Opera, o Google Chrome, o Safari ou o Firefox.

Se não quiserem mudar de browser, pelo menos actualizem-se para a versão 8 do Internet Explorer.

As estatísticas de um website valem ouro. Quando bem interpretadas permitem saber de onde vêm os nossos utilizadores e o que procuram, permitindo melhorar o nosso conteúdo oferecendo mais informação relacionada sobre um determinado tema.

Também nos indicam como navegam pela web, dando informação sobre browsers, sistemas operativos, resoluções, profundidade de cor, entre outros dados interessantes.

Internet Explorer 8

Prefiro sempre analisar as estatísticas de um site generalista, pois os sites dedicados a utilizadores mais tech savvy tendem a ter utilizadores com sistemas mais recentes, resoluções superiores e uma melhor aceitação à utilização de browsers alternativos.

Se em 2005 37% dos utilizadores ainda usava a resolução 800×600 limitando o desenvolvimento de layouts mais largos, actualmente apenas 3% dos utilizadores usam essa resolução.

Infelizmente na guerra dos browsers o Internet Explorer continua a ser rei e senhor com 68% do mercado, embora grande parte já use a versão 7.0. A percentagem de utilizadores com o IE6 ainda é preocupante, cerca de 25% de todos os utilizadores que usam o Internet Explorer.

Se por um lado os web developers podem desenvolver layouts mais largos, o desenvolvimento respeitando standards W3C num browser compatível (Opera por exemplo) vai sofrer atrasos obrigando a pequenas correcções para satisfazer os utilizadores do Internet Explorer.

Sendo eu ainda um utilizador do Windows XP, assim como cerca de 70% dos restantes utilizadores da internet, de vez em quando sou notificado para fazer alguns updates. Não tantos como no Ubuntu é certo, mas eles lá aparecem de vez em quando.

Hoje recebi a notificação para o update para o Internet Explorer 8 que já estava disponível para download na sua versão final, mas como não o uso e nem tenho desenvolvido novos sites nunca me dei ao trabalho de o instalar.

Confesso que já o tinha experimentado na sua versão Beta mas era tudo menos estável e o rendering continuava a deixar muito a desejar.

É uma boa notícia para os web developers pois com estes updates automáticos a utilização da versão 8 irá subir e aquelas mezinhas necessárias para que os sites sejam compatíveis com versões anteriores do IE (especialmente da versão 6 para baixo) vão cair em desuso. Só falta quebrar o mito que este tipo de updates nos sistemas operativos só trazem problemas.

 
Copyright © 1985 - 2017 Eduardo Maio. Alguns direitos reservados.
eduardomaio.net - Às vezes mais valia ser Agricultor do que Programador
Ao navegar no blog eduardomaio.net está a concordar com os termos legais e de privacidade.